quinta-feira, 1 de julho de 2010

Me sinto imcompleta, vazia


Pouco sei, muito sinto, mas esse vazio que me consome hoje pouco me faz sentir, muito me faz pensar, o que me importa sorrir se por dentro estou chorando? o que me importa o físico se por dentro estou perdida? o que me importa viver sem saber o que estou vivendo?, perguntas que me engolem como um redemoinho, me sufocam como não poder respirar em baixo d´água, pois divagando em meus pensamentos não encontro uma resposta se quer.
Hoje em especial me sinto tão incompleta, perdida e vazia, é como se fosse um ingrediente de uma panela em ebulição, entre milhões de palavras, atitudes, medos, fraquezas, desejos, tristezas, e mais uma infinidade de coisas que não consigo distinguir, coisas estas que vão se misturand, vão perdendo o sentido e o gosto conforme se diluem, tornando-se cada vez mais difíceis de serem identificadas.
Estou cansada dessa monotonia de estar sempre triste, e reclamando da vida, e por isso estou sempre sorrindo para o mundo, escondendo de todos o que realmente me consome, cubro-me com uma burca de felicidade, e uso uma mascara de sorriso.
Já não sei se devo me amar de verdade, será que devo pensar mais em mim? seria egocêntrica de mais se pensasse um pouco mais no que eu sinto sem me preocupar o que os outros estão pensando a respeito? me sinto tão confusa, tão perdida, sinto que tenho que ter o que fazer, ter algo a que amar, e algo para esperar, mas ao mesmo tempo tudo parece não passar de ilusões.
Entre minhas lágrimas e soluços tudo parece mais fácil, parece que gosto de me sentir sozinha as vezes, será que gosto de sofrer? eu só me sinto tão confusa e largada, me sinto tão só uma pessoa, na verdade somente uma coisa, e tudo parece tão sem sentido, sem explicação.
Eu só queria me encontrar de verdade, já não sei o que estou sentindo, só quero que acabe, pois me consome de maneira extremamente negativa, e eu só me sinto tão nada.

Por: Thalita

10 comentários:

  1. Thalita, estou me sentindo exatamente como vc.... mas eu tento de todas as maneiras fugir desse sentimento deprimente que faz vc se sentir a menos afortunadas de todas.... estou ocupando meu tempo com coisas que gosto de fazer...assim fico cada vez com menos tempo de perceber esse vazio....eh uma fuga...mas ao mesmo tempo estou tentando participar de coisas novas.... boa sorte pra nós...

    ResponderExcluir
  2. estou passando pela mesma situação tenho tudo mas ao mesmo tempo não tenho nada,não quero mais ficar reclamando da vida,sei lá tem horas que dá vontade de ficar sozinha longe de tudo e de todos...tem pessoas que me falaram que isso é depressão,minha psicóloga chegou a falar que eu gosto de sofrer...é doloroso vc ouvir isso de uma profissional,porque eu não estou assim porque eu quero,eu assim como ela ,só quero ser feliz.mas tenho certeza que um dia esse sofrimento de todos nós vai passar.

    ResponderExcluir
  3. Eu acho que são as decepções com as pessoas, com a sua propria vida, com os problemas que se aumentam a cada dia, com a falta de amor que eu vejo e sinto nas pessoas. É um misto de sentimentos que geram todo esse sofrimento, angustia, tristeza, depressão.
    Eu tbm estou passando por uma fase na minha vida nada facil, me afastei do trabalho em um grande empresa Multinacional, minha mãe que mora comigo nao conversa mais comigo, meu filho tem alguns problemas de fala. Meu namorado terminou tudo comigo em um momento que eu mais precisei de alguem que me ame do meu lado.
    AS vezes eu saio de casa e me sinto perdida, sem rumo, sem vontade de fazer as coisas, realizar alguns compromissos, e no caminho sinto mta tristeza e vazio.
    Me sinto sozinha, sem amigos, e os que se aproximam é por maldade, inveja.
    To cansada de viver nesse mundo caotico, onde as pessoas estao se tornando cada dia mais egoistas e falsas.
    Me sinto mto atacada verbalmente pelas pessoas que conheço seja no trabalho, ou em casa, ou com os amigos, ou em qualquer lugar.
    O dia que nao me sinto rejeitada ou atacada parece mto satisfatorio pra mim. Mas quase sempre isso nunca acontece.
    So quero que tudo termine bem.

    ResponderExcluir
  4. É exatamente como vocês que me sinto.
    Tenho um bom emprego, uma vida razoavelmente estável e pais que me amam, mas constantemente sinto-me sozinha, vazia, sem apoio, agredida psicologicamente, pressionada, como se tudo que eu fizesse não fosse bom o suficiente para meus familiares e colegas. Estou em um relacionamento que não me satisfaz emocionalmente, me sinto incompleta. Meu maior desejo é encontrar alguém que me respeitasse e apoiasse, que na hora dos problemas segurasse minhas mãos e dissesse: "não se preocupe, eu estou com você, vamos enfrentar isso juntos, eu cuidarei e protegerei você". As vezes acho que nunca encontrarei alguém capaz de me dar essa segurança, que me compreenda e me faça sentir única no mundo...

    ResponderExcluir
  5. Sei como é. Sinto-me assim constantemente. Minha vida é boa, mas não sei, parece que nada faz sentido...

    ResponderExcluir
  6. Me sinto exatamente assim. Vazia. Tenho uma família maravilhosa, pais que amam e que se importam, uma irmã que está comigo paro oque der e vier. Mas mesmo assim sinto como se não tivesse nada,me sinto completamente vazia, sem rumo. Isso não faz sentido. Nada está fazendo sentindo.

    ResponderExcluir
  7. achei , achei um lugar p falar sem ser julgada . eu n tenho uma vida sofrida , eu n tenho motivos para estar assim , minhqs qmigas falam q pelo q eu passei eu sou uma guerreira , ms n é nda comparado a outras pessoqs , eu queria algurm p eu contar minhas coisas , falar sobre minhq vida , eu queria uma amiga verdadeira , eu n tenho amigos so duas a nath e a vick ... nath- fala q sou guerreira e talz / vick... pegou meu ex namorado e o garoto q eu gostava ( o meu ex , eu era apaixonada d vrdd por ele e ele sem + nem - terminou cmg e espalhou p geral q eu era.isso e aquilo...) em fim... eu quria um amigo(a) d vrdd , é horrivel ver uma pessoa mentir na sua cara e vc saber a vrdd ... eu vou guardando esse sentimento e afogando ele dentro de mim junto a outras coisas q vem acontecendo com minha familia ... bem , meio besta eu falar issi aqui ms... Meu nome é Júlia e quem quiser entrar em contato cmg eu passo meu facebook , meu email é jurucandas13@gmail.com

    ResponderExcluir
  8. Olá, Thalita!
    Nada muito longo escreverei, salvo minhas saudações e agradecimentos por haver traduzido boa parte do que ando sentindo sem como me expressar. É como se o meu tipo de vazio bloqueasse tanto a minha fala e a minha escrita. O redemoinho a levar-nos para o nada... Maldita seja essa voragem!

    ResponderExcluir
  9. Exatamente como eu... me sinto vazia sei lá... não tô sabendo administrar tudo isso q sinto... pacere q tô em busca de alguma coisa q nem eu mesma sei o que é...

    ResponderExcluir
  10. Jesus!!! Foi e é minha resposta sempre...entendo vcs...essa luta contra nós mesmos, esse vazio q n sei de onde vem, sem sentido, sem direção...e nesse ínterim achei algo q trazia refrigério, sentido e proposito para minha vida e existência: Jesus!
    Talvez p vcs nesse momento nao faça sentindo, mas NEle encontrei deleite para minha alma inquieta e inconstante. É algo sobrenatural, para quem crer!
    "Vinde a mim, todos os que estai cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei.
    Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para as vossas almas.
    Porque o meu jugo é suave, e o meu fardo e leve." Mat 11:28-30

    Com carinho!!

    ResponderExcluir