segunda-feira, 28 de junho de 2010

Te ver e não te querer


Ver-te e não te querer é impossível, enquanto estamos longe um do outro consigo dizer que devemos ficar separados, tentar dar um tempo nessa nossa relação um tanto quanto complicada, pois já não sei se estamos juntos ou não.
Na maioria das vezes você não concorda, e por dentro eu realmente sei que você está certo, pois quando nos vemos acontece algo inexplicável, uma mistura de amor com prazer, um fogo que nasce em mim e se espalha em você, e que não chega ao fim, nada parece poder parar essa chama, esse carinho entre nossos corpos.
E essa loucura não para, a cada segundo perto um do outro uma chama parece se acender e vontades parecem não ter fim, um calor que me faz querer não responder por mim, e agente parece não cansar dessa mistura de amor com prazer.
Sua boca perto da minha, seus olhos que parecem de uma simetria perfeita, o calor dos seus braços, sua voz soando coisas absurdas aos meus ouvidos, uma mistura de sentimentos e desejos, que me faz esquecer palavras ditas há dias ou até mesmo há horas atrás, dizendo que deveríamos ficar longe um do outro.
Tudo parece perder o sentido, tudo parece girar em torno de você, em torno dos meus desejos incontroláveis e absurdos.
E depois de estar longe de você? Tudo isso passa? Não! Ai vem a saudades, a vontade de querer te ver novamente, vontade de sentir todas as reações que você consegue provocar no meu corpo, vontade de fazer tudo o que eu não fiz quando estava perto de você por pensar que deveríamos ficar longe.
E então? Mais uma vez fico chorando, arrependida de não ter feito nada do que queria, e do que estava sentindo, por medo de sairmos chateados, por não poder ou não conseguir ficarmos juntos.
O que me resta? Culpar-me por deixar de fazer algo que queria por mais uma vez ser tola, e pensar somente no pior, e pior do que deixar de fazer algo por que sabia que ia sofrer é sofrer mais ainda por não ter feito.


Por: Thalita

Amor inevitável


Já tive muitos amores, amores loucos, amores bobos, amores poucos, amores sérios, amores tudo, porém só o seu amor foi aquele ‘inevitável’, aquele que eu não existiria se eu não o tivesse conhecido, não seria eu mesma se não o tivesse vivenciado, segundo por segundo, momento por momento, como se fosse o último...
Se você não existisse eu teria que te inventar com todos os seus defeitos e manias, suas qualidades e virtudes... Teria que reinventar o jeito como você fala, o modo de se expressar, o som da sua risada... Teria que reinventar até mesmo o modo como você anda ou quando parece ficar bravo quando faço alguma piada, mas logo depois me desarma com um sorriso desconcertante.
Como diz Nando Reis: ‘estranho seria se eu não me apaixonasse por você’, por tudo o que você foi, é e sempre será para mim, por tudo o que você significa na minha vida e por tudo o que nela representa...
Esse nosso amor é inevitável, não há como negar que nascemos um para o outro, nos encaixamos em todos os sentidos, você era a peça que faltava no meu quebra-cabeça, com você tudo fica completo.
Amor como o nosso não é fácil de encontrar e é impossível de evitar.

Por: Ana Paula Minari

sexta-feira, 25 de junho de 2010

Amor virtual


Não tenho idéia de como fui me apaixonar por você, assim, sem mais nem menos... Tudo começou com um simples ‘oi’ no MSN, horas depois já me peguei contando a minha vida inteira pra você e vice-versa, contamos nossos problemas e fazemos de tudo para ajudar um ao outro, mesmo que estejamos tão longe...
Você, que eu nunca vi na vida, sabe de mais coisas do que pessoas que eu convivo diariamente... Lembro-me de todas as madrugadas que passamos em claro, nos vendo pela web cam, e eu com uma vontade imensa de poder te tocar...
Não sei como, mas sei que mesmo com toda essa distancia, e de nunca termos nos encontrado pessoalmente, eu consigo sentir seu cheiro, seu abraço e até mesmo consigo imaginar o gosto do seu beijo... Pode parecer estranho, mas me apaixonei pelas suas palavras de afeto e seu carinho incomparável, te amo pelas suas idéias, pela sua alma, pelo seu conteúdo, que no virtual é o que mais se destaca...
Não sei se um amor virtual pode se tornar um amor real, mas enquanto não provamos isso, quero imaginar cada segundo ao seu lado, gosto de fantasiar essas coisas com você, pois sei que um dia nós iremos nos encontrar e espero que pessoalmente você também seja essa pessoa maravilhosa que é em frente a tela do computador.
Você pode estar longe dos meus olhos e do meu alcance, mas está muito perto do meu coração...

Por: Ana Paula Minari

quarta-feira, 23 de junho de 2010

Tudo por nada


Quando eu disse tinha algo para falar com você eu não sabia o que estava dizendo, não tinha nem pensado em nada para poder te falar, só sei que já estava decidida: colocaria um ponto final em tudo... Mas ao ver você chegar e se aproximar de mim, eu me rendi totalmente, seu cheiro, seu toque, tudo foi motivo para eu simplesmente esquecer aquilo que vinha pensando há dias...
Talvez seja preocupação à toa, talvez não... Só sei que começamos do jeito errado e agora não sei mais se conseguimos parar, no começo era apenas uma curtição, relembrar os velhos tempos e tudo mais, hoje, a coisa se tornou mais séria, e chegou em um ponto em que nós dois nos vimos completamente perdidos...
Desde sempre me imaginei tendo um futuro ao seu lado, e agora que te “tenho” já não sigo com tanta certeza em relação a isso, nós podemos estar acabando com o nosso futuro ou apenas o construindo, como podemos saber?
O fato é que eu tenho medo... Medo de começar a sentir por você as mesmas coisas que sentia antes, medo também de talvez estar fazendo você trocar tudo por nada... Não quero que se arrisque mais, mas agora já é tarde, não sei se consigo desistir de você (mais uma vez)...
Acho que nos preocupamos demais com coisas que não tem muita importância, na verdade eu não sei mais o que eu quero, sei apenas do que eu não quero, que é te perder de novo, já passei por isso uma vez e sei o quão difícil é, não quero ter que reviver esses sentimentos de angustia...
Eu não vou desistir de você de novo, aconteça o que for!

Por: Ana Paula Minari

segunda-feira, 21 de junho de 2010

Vontades e manias


Às vezes temos umas vontades que vem absolutamente do nada ou manias muito esquisitas, seja mexer no cabelo ou abrir a geladeira só pra pensar na vida.
Minhas pretensões geralmente não vêm assim do ‘nada’, está sempre relacionada com alguma coisa, mas na maioria das vezes, é algo proibido.
A pergunta é: fazer o que der vontade sem se importar com as conseqüências ou não fazer e acordar arrependido? Essa é uma questão que cabe a cada pessoa decidir, vai de seus princípios e também depende do tipo da vontade...
Eu sou da pessoa que não se importa muito com o depois, vivo simplesmente o AGORA, muitas vezes quebro a cara e machuco pessoas que amo, mas faço isso justamente por no passado ter pensado demais em minhas atitudes e, na maioria das vezes, me arrepender de não ter feito aquilo que eu queria. Comigo não tem 8 nem 80, ou é ou não é, as vezes acabo acertando, outras não.
São coisas da vida, temos que escolher e sempre provar para nós mesmos se estamos no caminho adequado ou não, a cada nova escolha, uma nova conquista ou uma nova perdição.

Por: Ana Paula Minari

domingo, 20 de junho de 2010

Depois da tormenta


Texto inspirado em “Too Close For Comfort”, música da banda McFly.

- É melhor, entende? Quem sabe um dia a gente se encontra de novo e... sei lá, volta.

- É, claro... Quem sabe um dia – ela riu e secou uma lágrima, sabendo que era mais uma mentira e que nunca mais voltariam a ser o que eram.


Era uma das lembranças que tinha e que não sabia se realmente a machucava. Mesmo sem saber como se sentia, as lembranças daquela relação sem pé nem cabeça ecoavam em sua cabeça. De modo nem racional, nem emocional.

Não sabia se havia algo para perdoar em si mesma ou se havia algo a ser perdoado. Superou e mudou porque sabia que era a coisa certa a ser feita, mas realmente nunca esquecera e ainda se questionava o que havia feito de errado. Ele havia se aproximado, ela primeiro o evitou, mas acabou se apaixonando. E então, ele mudou.

Havia quebrado o limite de “espaço pessoal”, estava perto demais? Fora sincera demais? Ele a afastou quando ela realmente queria se aproximar. Havia algo que ele não queria que ela soubesse? Mesmo sem sentir remorso, tristeza ou mágoa, o modo como ele aproximou-se e decidiu repentinamente se afastar seria para sempre uma charada sem resposta.

A intensidade daquele período de tempo; como o que tiveram pareceu rápido, mas forte e como isso facilmente pareceu dissolver-se no ar como uma nuvem de fumaça a marcou. As lembranças eram como uma ferida totalmente cicatrizada, mas incômoda. Durante muito tempo, chorou, sofreu tentando entender onde errou , se culpou, teve raiva e o culpou por tudo que havia acontecido e como aquela relação fora brutalmente rompida.

Passou por todos os sentimentos possíveis, até que um dia como outro qualquer que se arranca numa folha de calendário, ela entendeu. Que não podia se culpar e nem culpá-lo. Sentia-se mais madura, forte, crescida e muito mais dura. Mudara totalmente o modo como via o mundo, seus próprios sentimentos e tudo no que antes acreditava.

Fez então o que acreditou estar certo e passou a esconder seus sentimentos mais profundos, escondendo até que os escondia. E desaconselhava os que tentavam fazer o mesmo, pois sabia muito bem que tal atitude implicaria consequências em todos os setores de sua vida e que lidar com isso seria um gigantesco desafio.

Por: Isabella Macedo / @titiabella


Cansei


Cansei de esperar ouvir você dizer que me ama, enquanto isso eu me pergunto por que te amo.
Cansei de esperar atitudes suas, enquanto isso me pergunto o que faço de errado.
Cansei de jogar indiretas pra você, enquanto isso me pergunto se deveria ser mais clara.
Cansei de você não me entender, enquanto isso eu me acho completamente estúpida.
Cansei de estar sempre dentro do seu jogo, enquanto isso me sinto manipulada.
Cansei de chorar por você, enquanto isso acho que você está rindo de mim.
Cansei de ver você sair com seus amigos, enquanto isso fico em casa imaginando o que está fazendo.
Cansei de sonhar com você, enquanto isso sei que não sou a única.
Cansei de ficar quieta diante dos seus erros, enquanto isso vai continuar errando.
Cansei de me arrumar pra você, enquanto isso você olha pra outras.
Cansei de ver que você não muda, enquanto isso me sinto errada.
Cansei de fingir que acredito em você, enquanto isso você continua mentindo.
Cansei de ter que mudar pra você, enquanto isso sei que não estou sendo eu.
Cansei de você contar vantagem, enquanto isso me sinto um nada.

Na verdade cansei de esperar por você, cansei de esperar você dizer que me ama, esse dia parece nunca chegar, parece cada vez mais distante, na verdade o que cansei é de me iludir por um alguém cada vez mais fora da minha realidade, cansei de imaginar nós dois, isso nunca existiu e nunca existirá, sabe por que? PORQUE EU CANSEI DE VOCÊ!

Por: Thalita

Cansei de ser amante

Eu nem queria me entregar, sabia que existia um outro alguém, mas vacilei, me entreguei e me apaixonei, eu não queria mais brincar de amar, e agora me vejo magoada, porque sei que só sou a outra.
você sabe o poder que tem sobre mim, sabe que sempre que precisar eu irei correndo para os seus braços, mas machuca saber que você recorre a mim depois de perceber que ela não entendeu suas lágrimas, ou depois dela ter te feito chorar, mas você sabe que sempre estarei aqui, sempre me liga pedindo colo, e sabe que não vou negar.
Só estou cansada de ser sua segunda opção, já me iludi o bastante, eu não mereço ser amante, só estou cansada de precisar sorrir ao lado de vocês dois juntos, cansada de esconder essa dor dentro de mim.
Me entreguei demais, confiei no seu amor, mas como fui tola, como fui ingenua em acreditar nas palavras que soavam em meus ouvidos dizendo que me amava e que queria ficar comigo, você nunca me levou a sério, nunca se envolveu de verdade, então eu resolvi te esquecer.
Essa história já deu no que tinha que dar, já sofri o suficiente para aprender que quem ama de verdade não faz sofrer, e foi só o que você me trouxe, dor, lágrimas, sofrimento.
Eu fiz tudo o que podia fazer, e você nada fez, eu simplesmente cansei.

Por: Thalita

sexta-feira, 18 de junho de 2010

Até quando isso vai durar?

Você já se deu conta que enquanto você está aí se preocupando se engordou 2 ou 3 kg, há mais de centenas de milhões de pessoas morrendo de fome no mundo a fora?
Hoje ao sair de casa, me deparei com um menino de apenas 5 anos, ele veio me pedir uma moeda, ou qualquer outra coisa que fosse, dei-lhe o que tinha no bolso e o garoto abriu um baita de um sorriso! Por um lado fiquei feliz em ter “ajudado” (minimamente) alguém e também que naquelas condições o menino ainda conseguia dar um enorme sorriso por poucos centavos... Por outro lado, a imagem dele não me saiu da cabeça... Como uma criança pode viver daquela maneira? Aliás, como um ser humano pode viver assim? Ao chegar em casa resolvi fazer umas pesquisas sobre esse tema, sabia que era uma desigualdade grande, mas não imaginei que fosse tão gritante a esse ponto!
O relatório da Conferência das Nações Unidas para o Comércio e o Desenvolvimento (Unctad) indicou que nesses últimos 30 anos o número de pessoas que vivem com renda abaixo de US$ 1,00 duplicou, a maior preocupação é que até 2015 o número de pessoas que vivem abaixo da pobreza suba para 240 milhões nos países menos desenvolvidos.
A cada 3,5 segundos morre um ser humano. A causa? Fome!
E não é por falta de dinheiro do governo, pois enquanto eles gastam bilhões de dólares para mandar homens para fora do planeta terra, crianças e mulheres passam fome, não pedindo mais que um pão.
A subnutrição crônica, quando não conduz “apenas” à morte física, implica freqüentemente na mutilação grave, que é a falta de desenvolvimento das células cerebrais nos bebês e a cegueira por falta de vitamina A. Todos os anos, dezenas de milhões de mães gravemente subnutridas dão à luz dezenas de milhões de bebês igualmente ameaçados.
Não consigo entender em como há pessoas que simplesmente não se importam com isso!
A ajuda que os países desenvolvidos oferecem aos subdesenvolvidos é de uma média de 0,22% do PIB, ou seja, é apenas um grão de areia em toda uma praia.
Os argumentos para não ajudar ninguém são sempre os mesmos: ainda não tem uma vida estável, ou ainda não tem o carro ou a casa dos sonhos, não viajou para aquele lugar que desejava... Mas imagina se VOCÊ tivesse nessas condições?
Eles não estão pedindo muito, se cada um de nós ajudarmos um pouco, essa mortalidade tende a cair pela metade.
Pensamos que só se vê essa subnutrição em outros países e tudo mais, mas não é, como eu disse logo no início do texto, é apenas virarmos a rua para vermos alguém assim, não precisamos ir tão longe, basta abrirmos os olhos para percebermos o quão desesperador está esta situação com a qual convivemos diariamente sem nem nos lembrar, ou não fazer absolutamente nada a respeito.
Vamos estender a mão ao próximo, ajudar nem que for com o mínimo que pudermos!
Infelizmente palavras não enchem barrigas, temos que agir, afinal é muito fácil falar de fome e miséria quando não se convive com ela.
E nós ainda reclamamos de comer as sobras do dia anterior, agora vemos o quão fúteis são as nossas obsessões.
ATÉ QUANDO ISSO VAI DURAR?

Por: Ana Paula Minari

Mandamentos das Mulheres


Olá, garotas e garotos!

Hoje me mandaram um texto que acho que vale muito a pena postar aqui (mesmo que não seja de minha autoria).

Espero que gostem e se divirtam assim como eu.


1-Mulher não mente, e sim omite os fatos.

2-Mulher não fofoca, mas sim troca informações.

3-Mulher não trai, se vinga.

4-Mulher não fica bêbada, entra em estado de alegria.

5-Mulher nunca xinga, apenas é sincera.

6-Mulher não grita, testa as cordas vocais.

7-Mulher nunca chora, lava as pupilas dos olhos com freqüência.

8-Mulher nunca olha para um homem sarado com segundas intenções, apenas verifica suas formas anatômicas.

9-Mulher sempre entende o que homem diz, só pede que explique novamente para testar sua capacidade de raciocínio.

10-Mulher não sente preguiça, descansa a beleza.

11-Mulher nunca sofre por amor, e sim entra em contradições com os sentimentos.

12-Mulher nunca engana os homens, pratica o que aprendeu com eles!!


Por: Ana Paula Minari

Ter você

Ter você parece cada vez mais fora da minha realidade, a cada dia que passa sinto que seus beijos, seu carinho se distancia cada vez mais de mim, ter você comigo parece tão platônico quanto eu poder voar, parece tão difícil quanto eu poder te esquecer.
Já não sei se luto pelo seu amor, ou se luto para te esquecer, ambos são tão difíceis, é tão difícil lutar pelo seu amor quando sei que por diversas vezes errei com você e mesmo assim sempre se mostrou presente na minha vida, e mais difícil ainda é por que sei que existe um outro alguém lutando pelo espaço que sempre sonhei mas nunca fiz por onde merecer, por um lugar importante no seu coração e na sua vida, isso tanto me machuca como já não me da forças para lutar por você, por que sei que nesse jogo entre eu e ela, o respeito dela vence os meus erros.
Por outro lado é tão difícil te esquecer que não vou me dar ao trabalho de tentar, por que sei que não vou conseguir, mas será necessário não alimentar as esperanças de poder estar ao seu lado, essas se distanciam de verdade da minha realidade, está fora de cogitação por tudo o que já aconteceu, dói saber que tive isso tão próximo, saber que esteve nas minhas mãos ter você e eu soltei sem ao menos perceber.
Hoje vejo todas as minhas esperanças afundarem em minhas lágrimas, vejo todos os meus sonhos se perderem enquanto durmo, mas posso dizer que você foi uma das melhores coisas que aconteceu na minha vida, dói saber que não tenho o mesmo significado pra você, e sei que a culpa é minha, consigo dizer que preciso me conformar e aceito ter a sua amizade, é o que eu preciso, de uma pessoa que sei que posso contar sempre.

Por: Thalita

Não chore


Há algo em seus olhos, por favor não chore, eu sei como você está se sentindo, mas por favor não chore, você não sabe o que está acontecendo mas eu sei, seu coração dói por saber que está sozinho entre uma multidão, eu sei como se sente, me vejo assim todos os dias, mas acredite você não está só, suas lágrimas escorrem por saber que muito foi e agora pouco parece significar para todos a quem sempre esteve do lado, mas por favor não chore, machuca te ver sofrer, dói saber que poderia estar mais do seu lado, e pareço tão ausente, mas por favor não chore.
Queria poder ser tudo o que você precisa, ser um porto seguro, um ombro amigo, queria ser sua fonte para as melhores coisas, só não tenho essa capacidade.
Não leve a vida tão a sério, corra, grite, pule, só não chore de tristeza, lembre-se que estamos aqui por pouco tempo, faça cada sorriso valer a pena, cada lágrima pode ser uma perca de tempo.
Faça de cada dia da sua vida uma página de um livro com uma linda história a ser contada, se tiver de chorar, chore de alegria, coloque um sorriso seguido de suas lágrimas.

Por: Thalita

quinta-feira, 17 de junho de 2010

Viva intensamente


Viver nada mais é do que ser feliz, aproveitar cada segundo de sua vida como se fosse o ultimo, não esperar para fazer amanha o que você pode fazer hoje. Porque esperar se você pode agir? porque esperar ser amado para poder amar? por que esperar um sorriso para ser adorável? não espere, faça! Não espere perder para aprender a dar valor, não espere a morte para reconhecer a importância de quem você ama, não espere o fracasso, para lembrar do conselho.
Por que esperar tanto para ser feliz? por que esperar tanto dos outros se você pode fazer? não espere elogios para acreditar em si, não espere a doença para perceber o quanto a vida é frágil, não espere a separação para buscar a reconsiliaçao, não espere precisar para ter fé, não espere a necessidade para acreditar em oração, não espere machucar para dar carinho, não espere muito para reconhecer que estar errado.
Somos tão jovens, ahh nós somos tão jovens, mas será que temos todo o tempo do mundo? será que a vida é tão longa para esperarmos tanto? a vida é tão frágil, tão pequena, tão curta para esperarmos ouvir um eu te amo para responder eu também, para esperarmos pessoas perfeitas para nos apaixonar.
As vezes caímos, porém nos levantamos, viver é estar feliz, é amar, ser livre, sorrir, se divertir, viver é estar de bem com a vida, dar valor as coisas simples.
O próximo dia em que acordar pode ser o ultimo da sua vida, por isso aproveite com se fosse morrer amanha, pela manha quando abrir os olhos agradeça por estar vivo, por ter pessoas que te ama ao seu lado, não reclame por precisar acordar cedo, muitos gostariam de abrir os olhos novamente.
Não espere nem mais um dia para expressar tudo o que sente, esse dia pode não chegar, as oportunidades passam e arrependimentos ficam, você pode não conseguir acordar amanha para fazer o que deveria ter feito hoje, a vida é tão valiosa, não espere sua morte para amar a vida. Corra, ame, sorria, torça, ande, aja, beije, abrace, cante. Viva intensamente, de valor ao hoje, não é a toa ele se chama presente.

Por: Thalita

segunda-feira, 14 de junho de 2010

Tem dias


Tem dias em que me pego pensando na vida, pensando sem saber o que pensar, me pego relembrando de acontecimentos, sem saber do que realmente quero lembrar, me encontro vagando no meu inconsciente, pensando no que não deveria, imaginando o que gostaria, lembrando do que foi, e sentindo saudades do que não vivi.
Tem dias que nos vemos tomar atitudes que nunca imaginamos ter, e quando é necessário mudar não sabemos por onde começar, na tentativa de acertar erramos cada vez mais, e mesmo que sem querer machucamos pessoas que esperam de nós mais do que meras palavras, e sim atitudes.
As vezes machucamos tanto, mas tanto em cima de uma mesma ferida que quem um dia muito esperou de nós, hoje nada mais espera do que simplesmente nada.
As vezes temos medo de mudanças, mas mudanças são necessárias, mas o que realmente temo é não consiguir mudar o que eu consegui estragar.
Tem dias que nada sei fazer além de chorar tudo aquilo que me machuca, tudo aquilo que me corroe por dentro escorre entre lágrimas de tristeza, arrependimento e peso, escorre com raiva de mim, raiva por saber que enquanto estou chorando eu poderia agir para ser alguém melhor, poderia estar lutando por quem eu não mereço, mas que eu amo.
Tem dias que tenho medo de falar, medo de falar o que não devo, medo de aumentar as besteiras que faço, e então me sinto oprimida por mim mesma, e intimidada por quem tem razão na história.
Tem dias em que não sei ao certo quem sou, não sei porque ajo de maneira tão tola, não sei porque sou tão precipitada, digo coisas que não deveria, e deixo de fazer o necessário.
Tem dias que me vejo procurando o sofrimento, a dor, vejo que o tanto que sofro é o tanto que procurei, e além de sofrer machuco quem sempre está do meu lado, parece que gosto de sentir dor, por que a culpa é minha, as coisas só acontecem quando permitimos.
Mais do que dias pensando, errando e machucando quem não merece, me vejo em meses persistindo em um único erro, e isso dói, machuca.
Mudar é necessário, ser alguém melhor é preciso, uma mudança é constituída de passos, etapas, desafios, dificuldades e persistência, não funciona como um toque de mágica que quando soltado estrelinhas tudo fica lindo, a vida não é um conto de fadas, entre sorrisos existem lágrimas, entre saltos existem tombos, e entre palavras é necessário se fazer atitudes.

Por: Thalita


sábado, 12 de junho de 2010

Dia dos namorados com você


Com você os 365 dias do ano é dia dos namorados, a cada mês, semana, dia, hora, minuto e segundo que passa o meu amor por você só aumenta, cada momento, cada beijo, cada abraço e cada olhar só me faz querer ficar com você pra sempre.
Com você tudo se torna maior, e mais intenso, quando estou com você as batidas do meu coração é como uma sequência de fogos de atificios em pleno ano novo, meus olhos brilham mais que esmeraldas, e quando aprofundados nos seus é como se nada existisse além do seu olhar, como se estivesse mergulhando no oceano.
E eu que um dia pensei que amor não existisse, que fosse coisa de cinema, que contos de fadas não passavam de historinhas contadas para dormir e sonhar. Hoje me vejo ao seu lado vivendo o mais lindo dos contos de fadas, me vejo amando e sendo amada.
Com você tudo passa a ter sentido, o preto parece não existir, pois quando fecho os olhos para te beijar o que vejo é uma composição de cores alegres, que não consigo ao certo explicar.
Com você eu me sinto menina, diante de brincadeiras tolas e os mimos que você me faz, com você eu me sinto mulher, quando olha profundamente nos meus olhos e diz que me quer, com você eu me sinto respeitada, quando se curva para beijar minha testa, com você me sinto segura, quando me acolhe entre seus braços e me aquece, com você eu me sinto amada, pois não importa o que aconteça sei que tenho um porto seguro, e a cada dia que passa a intensidade desse sentimento só aumenta.

Por: Thalita

Dia dos namorados sem você


É, dia 12 chegou e eu que tanto esperei vou ficar aqui mais um dia sem você... Fico imaginando o que você deve estar fazendo, se também está pensando em mim e se também está com essa imensa vontade de me ver...
Eu quero poder te tocar, te abraçar, te chamar de MEU, sem nenhum medo. Quero poder falar para o mundo inteiro que eu te amo, que você é o meu verdadeiro amor...
Sei que começamos de um jeito errado, mas isso não impede que termine certo, aliás, que não termine... Eu te desejo dia e noite com todas as minhas forças, a cada batida do meu coração...
Sonho com você, com os poucos porém intensos momentos que passamos juntos, e me pego imaginando meu futuro inteiro ao seu lado... Pode parecer bobeira, mas é verdade, já faz tempo que quero te dizer, mas me falta coragem, é você que eu amo, é com você que eu quero ficar...
Queria poder te falar isso hoje, não só porque é o dia dos namorados, mas também porque foi isso que me deu força para conseguir falar o que sinto por você.
Seria tudo tão diferente se você estivesse aqui comigo...
Mas ainda te espero, até a meia noite ainda é dia 12, espero você aqui para poder ouvir tudo o que eu tenho a te dizer... E se você não vier, esse dia será simplesmente esquecido, pois sem você esse dia não faz o menor sentido...

Vejo nas ruas todos tão contentes, e eu aqui sozinha, lembrando e imaginando coisas que sem você não sei bem porque...
Dia dos namorados sem você não é a mesma coisa, fica tudo tão sem graça, tudo tão sem cor, sem você eu perco o chão... Te espero aqui, hoje e sempre!


Por: Ana Paula Minari

terça-feira, 8 de junho de 2010

Meus 18 anos...


Esse texto é especialmente para a Thata (a outra moderadora do blog) que está fazendo 18 anos hoje!
Ééé, até que enfim os 18 anos chegaram né?
Quando somos menores de idade, não vemos a hora de fazer 18 anos, poder ter um pouco mais de liberdade, não só com seus pais, mas também em qualquer outro lugar... Poder tirar a tão esperada carta de motorista, não precisar mais de documentos falsos para entrar em alguma balada, poder entrar em lugares que apenas os maiores de idade freqüentam... Enfim, 18 anos é a melhor idade que se tem para poder aproveitar a vida...
Não somos determinadas mais como adolescentes, mas também não nos julgam como adultos, somos responsáveis por nós mesmos, mas sempre tem um ‘limite’, ou seja, não importa se você tem 15 ou 18, sempre haverá algum obstáculo que te impeça de fazer algo, até você, definitivamente, conseguir se sustentar e tudo mais...
Essa é a hora na qual deixamos MESMO de ser uma menina, para nos tornarmos uma mulher, não só por causa da idade, mas também por toda a responsabilidade e a confiança que irão depositar em nós só porque somos maiores de idade...
É, ter 18 anos pode parecer fácil, mas na verdade não é tanto, como tudo no mundo, tem seu lado bom e seu lado ruim, basta aproveitar o bom e aperfeiçoarmos o ruim!

Por: Ana Paula Minari



ps.: Thata, parabéns pra você, muitas felicidades, muita paz, amor, saúde, dinheiro sucesso... Continue sempre com essa sua alegria e esse seu sorriso no rosto que é uma das principais coisas que mais admiro em você!

Juízo nessa sua nova fase e aproveeeeita menina!

domingo, 6 de junho de 2010

Somos Iguais?


Estou aqui nesse blog, orientado, comandado apenas por mulheres, por isso pedi para Ana Paula (minha prima) me conceder um espaço para eu falar um pouco de nós, homens. Bem clichê.
O que eu vou falar agora, talvez não se encaixe para a maioria, e eu vou falar sobre Amor, claro que não vou falar sobre o sentimento em si, porque isso muita gente sabe, viveu e seria talvez impossível para algo tão complexo, que seja.
Muitas mulheres acham que nós homens são todos iguais, e não é por aí, parece que vocês vêem apenas o nosso lado negativo, ou seja, quando vocês olham para uma floresta, já pensam que todas as árvores são da mesma forma. O nosso comportamento varia de acordo com as suas atitudes, e somos rotulados como insensíveis, machistas, cafajestes, etc...
Fiquem vocês sabendo que nós também sofremos por amor, porra! Nós também fazemos planos quando namoramos, e na verdade eu não sei, parece existir uma regra, porque nada se conclui nada flui, nada é como a gente quer que seja, porque não sei, talvez, descobrimos que o tempo muda, e muda o que nós planejamos, sonhamos.
E quando acabamos um relacionamento, pensamos estar convicto daquilo, certo daquilo, pelo menos no momento, mas não, mas além veremos que o nosso orgulho nos destrói, engana. De pouco em pouco, a soma desses danos vão te corroer por anos. Porque queremos ter mudado algo, não mudando ela em si, mas principalmente nós, as atitudes que tomamos que antes tinha algum sentido, ou pelo menos era para ter algum lado, se for para pensar novamente, vemos que não tem lados, estávamos errados, nós erramos, diariamente, frequentemente, e o pior que não damos conta disso, não, não agora.
E é realmente uma merda, uma droga, pois nós queremos que aconteça de maneira diferente, nós iludimos também. O ódio e o amor caminham lado a lado, assim como, afinal de contas, não tem como saber o que é felicidade sem conhecer a tristeza. E nós perdemos muito tempo apenas em alguma coisa grande, sem percebermos que talvez, as mais importantes sejam aqueles pequenos detalhes, e às vezes nós apenas não sabemos que coisas são estas.
Enfim, eu sei que viver é resistir, e se não viver talvez jamais eu consiga entender, mas nada acontece em vão, e com isso você aprende a esquecer a quem um dia aprendeu a amar. Destino. Uma última coisa mulheres, só porque um homem olha para o céu à noite, isso não faz dele um astrônomo. Tente não rotular, planeje se surpreender.


Por: @davbrunini